Lobismo e o Mundo


Semelhante ao Escotismo o Lobismo é uma fraternidade em todo o mundo. Na maioria dos países os lobinhos usam o Livro do Jângal, adaptado as suas próprias heranças. No caso das Filipinas o programa é uma combinação do programa inglês e o americano, com adaptações locais. Não há lobos nas Filipinas, assim o símbolo é um gamo. No Japão o símbolo do lobismo é um filhote de urso.

Nos Estados Unidos os meninos até 11 anos são divididos em 5 itens, os quais são chamados de Tigres, Lobos, Ursos e Webelos (primeiro e segundo estágio) .

O estilo do boné do lobinho é quase universal, mas o uniforme difere, na França os lobos usam suspensórios sobre as suas camisas azuis e bonés de marinheiro azul.

Os alemães usam boné verde e suéteres com shorts de veludo marrom, com meias marrons até o joelho. Um lobinho do Canadá usa um uniforme verde, mas no inverno ele troca o seu boné por um gorro forrado de lã.

Uganda, no coração da África é quente o ano todo e existe uma real experiência com os animais da Jângal, uma vez que seus Akelás tem que levar consigo espingardas para afugentar os crocodilos, quando os lobos vão fazer atividades a beira de lagos. Ocasionalmente os lobinhos juntam-se aos escoteiros e todos levam lanças para o caso de encontrarem elefantes ou outros animais da floresta.

Os lobinhos nos países sul americanos são chamados de lobitos ou lobatos tal qual no México. Na Malásia o uniforme é uma camisa folgada caqui e um boné de lobinho. Os lobinhos da Índia usam turbantes.

Os uniformes variam, as atividades variam, mas os lobinhos em volta do mundo juntam-se em uma fraternidade através da Promessa e todos parecem pensar da mesma forma que Baden Powell:

“Quando um companheiro faz uma Promessa, significa que será uma terrível desgraça se ele depois a negligenciar ou esquecer de cumpri-la. Em outras palavras: quando um lobinho promete cumpri-la, você pode estar absolutamente certo que ele vai fazer isto”.